Se você é do tipo que demora para pegar no sono ou acorda no meio da noite ansioso com tudo o que precisa fazer durante o dia, algumas mudanças de hábito podem te ajudar a dormir melhor. Fazer meditação e parar de olhar a tela do celular auxiliam nesse processo, mas a alimentação também tem papel importante. Por isso, a nutricionista Gabriela Cilla lista cinco frutas para comer antes de dormir.
“Algumas frutas participam dessa cascata para induzir e chegar na melatonina. Um passinho antes da melatonina é a serotonina, o hormônio da felicidade. Todas as frutas que estão aqui ajudam nesse processo”, explica a especialista no The Chef. Saiba quais são!
Maçã
A casca da maçã tem quercetina, um antioxidante e anti-inflamatório muito importante para o sistema nervoso e indutor do sono. “A quercetina é indutora da serotonina para chegar na melatonina”, detalha Cilla. Segundo a nutricionista, o problema da fruta é que muitas pessoas  acabam sentindo muita fome após consumi-la. “É porque ela tem ácido málico, a absorção é muito rápida, mas isso facilita a digestão”, afirma. Ou seja, gostosa, boa para o sono e para a digestão, além de um adstringente bucal natural.

Uva

Você já deve ter ouvido por aí que uma taça de vinho por dia ajuda o coração, né? É exatamente isso isso. Isso acontece porque a uva tem resveratrol, um antioxidante poderoso. Mas vale lembrar que existem duas categorias da fruta: a rubi (roxa) e a itália (verde). Nesse caso, quanto mais escura a uva, melhor.

Abacate

É comum que as pessoas ainda deixem de consumir o abacate por causa da gordura. No entanto, a gordura encontrada no fruto é de origem vegetal e poliinsaturada, diferentemente da gordura saturada.  O alimento é fonte de ômega 3, bom para o sono e também para a saúde cardiovascular. “O ideal é ser consumido à noite”, avisa Gabriela.

Kiwi

De acordo com a nutricionista, kiwi é uma fruta completa e menos popular do que deveria. E para quem tem insônia, é um prato cheio. “Tem melatonina na composição, que é a parte final da nossa cascata. Além disso, tem pouca caloria, que não dá pico glicêmico”, explica. Vale incluir na alimentação.
Banana
Fonte de triptofano, que participa da cascata até chegar na serotonina e melatonina. A especialista explica que algumas pessoas até tomam o componente em cápsulas para alívio da ansiedade, mas é muito mais interessante comer que ingerir de outra maneira. No caso da banana, a dica é nunca tirar o fiozinho branco que fica entre a fruta e a casca. “Não façam isso. Aquilo se chama floema, é como se fosse o cordão umbilical da banana. É muito rico em nutrientes”, diz.

Receitas.band.uol.com.br