A Deputada Estadual Janaína Riva (MDB), chegou em Juína por volta das 11h desta quinta-feira (13.05), juntamente com sua equipe de assessores, e recepcionada no aeroporto municipal por prefeitos e vereadores da região.

Janaína veio acompanhar a vinda do governador Mauro Mendes (DEM), por ocasião da visita a área do futuro Hospital Regional de Juína. Ela também participou de uma reunião política na Câmara de Vereadores com a presença de autoridades e correligionários.

Janaina Riva ressalta relevância social do Hospital Regional de Juína e enaltece parceria entre AL/MT e Governo

 

Em entrevista ao site amplitudenews, a deputada destacou a satisfação de estar em Juína novamente. “Fico feliz de estar aqui para acompanhar esse passo importante para a realização do sonho de toda a região. Acredito que essa é a obra mais importante dos últimos anos, tem sua relevância social e também para a saúde pública regional”, disse.

Janaína declarou ainda que a construção do hospital ocorrer em Juína vai beneficiar tanto o Vale do Arinos, quanto o Vale do Juruena. “Geograficamente Juína atende muito mais habitantes em nossa região e para a assembleia legislativa é muito gratificante nós termos feito todas aquelas reformas e hoje nós termos a garantia de recursos públicos em caixa pra execução da obra, então não adianta vivermos naquele passado onde todas as vezes se lançavam as expectativas, se lançavam obras e não tinha dinheiro em caixa. Hoje é diferente, o estado tem quase R$ 10 bilhões pra investimento e o hospital regional de Juína é uma prioridade da assembleia e do governo de Mato Grosso”, frisou.

Ela informou ainda que está lutando pela implantação de uma delegacia da mulher em Juína, para atender a região. Ela pede ainda a convocação de mais delegadas mulheres, uma vez que há maior sensibilidade e atendimento diferenciado para as mulheres vítimas de violência.

Outra demanda da região é a pavimentação da BR-174, entre Castanheira e Colniza. Perguntada se há algum entendimento do governo de Mato Grosso em assumir a obra, ela informou que ainda não existe, mas entende que deveria ocorrer isso, tendo em vista que o estado vive outras condições hoje, está com dinheiro em caixa e deve encerrar o ano com quase R$ 6 bilhões de excesso de arrecadação.

Janaína tem o mesmo pensamento do vice-governador, Otaviano Pivetta, de que federalizar não resolve o problema das rodovias e sim gera um problema burocrático enorme, por que depende de várias licenças complexas da Funai e do Ibama. Seria melhor deixar nas mãos do estado e utilizar os recursos que a união envia para a manutenção da rodovia para o início da pavimentação.

https://amplitudenews.com.br/