O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), baixou um novo decreto, na noite da última segunda-feira (21), que estende o toque de recolher na cidade até o dia 12 de outubro e flexibiliza os horários do comércio local. As medidas ocorrem desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.

Segundo o decreto de nº 8.106, também está sendo liberada as atividades esportivas e cursos, o que não era permitido desde o início da pandemia (leia mais abaixo).

O período do toque de recolher segue de 00h às 5h. Já o comércio varejista dos shoppings centers passa a ter o funcionamento autorizado de segunda a sábado, das 11h às 22h, permitindo a abertura também aos domingos e feriados no mesmo horário.

Além disso, foi alterado ainda o período de funcionamento dos bares, restaurantes e congêneres, passando a vigorar de segunda a domingo e feriados das 11h às 23h.

Já as distribuidoras de bebidas estão liberadas para atendimento ao público de segunda a domingo, das 9h às 23h, vedado o consumo no local.

Quanto as feiras gastronômicas e feiras livres existentes em Cuiabá, fica permitido a disponibilização de mesas e cadeiras com a quantidade reduzida em 50% da capacidade total e distanciamento mínimo de 1,5 metro.

Também passa a ser permitida a utilização de banheiros químicos e a instalação de equipamentos de entretenimento tais como brinquedos, carrinhos, pula-pulas, e congêneres.

Atividades esportivas e cursos

Quanto às atividades esportivas e os cursos, poderão ser retomados a partir do dia 25 e 28 de setembro.

No entanto, os cursos em geral, com aulas presenciais, deverão respeitar um limite de 14 alunos por turma.

No dia 25, o documento libera a volta das atividades esportivas em geral, seja profissional  ou amadora, com proibição da presença de público externo.

O decreto também permite que a partir do dia 25, as atividades nos equipamentos comunitários públicos, como quadras esportivas, mini-estádios, ginásios e congêneres seja autorizada.

Midia News