Após ser enquadrado como serviço essencial no âmbito estadual e federal, as atividades e exercícios físicos podem passar a ser considerados desta forma também no município de Cuiabá. O projeto de lei do Vereador Vinicyus Hugueney foi aprovado nesta quinta-feira (23), e segue para sanção do prefeito Emanuel Pinheiro.

Caso seja sancionada, a lei vai garantir o funcionamento de academias de ginástica mesmo em situação de “lockdown”, em que são permitidos de funcionar somente atividades essenciais.

De acordo com a assessoria do vereador, o projeto de lei tem por objetivo garantir o do funcionamento de estabelecimentos de serviços destinados os exercícios, e também a utilização de espaços públicos pela população de Cuiabá para realizar estas atividades.

“Não existe dúvida de que a prática de atividade física contribui, sobretudo para a manutenção da saúde, aumenta a imunidade das pessoas, reduz a depressão, segundo estudos já confirmados, e diminui o estresse”, afirma Hugueney.

O Projeto entrou como regime de urgência na Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJR). “Agora será encaminhado para o Prefeito e ele poderá sancionar ou vetar. Esperamos que com o Projeto de Lei que vem sendo trabalhado há meses, o Prefeito reconheça a importância da reabertura das academias e dos demais lugares para a nossa população realizar atividades físicas”, finaliza.

OLHARDIRETO