O prefeito de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá, Jonas Rodrigues da Silva, conhecido como Jonas Canarinho, teve o mandato cassado na madrugada desta sexta-feira (26) pela Câmara de Vereadores. Foram nove votos a favor da cassação e dois contrários.

Leia
Prefeito é cassado após ter contas aprovadas pelo TCE e reprovadas pela Câmara em MT: ‘perseguição política’

Jonas afirmou que sofre perseguição política antes mesmo de tomar posse como prefeito, quando ainda era vereador do município.

“Muitos deles (vereadores) não gostam de mim, não concordam que na cidade não há corrupção e que eu não vou dar um real que não esteja de acordo com a lei”, disse ele.

Ainda segundo o prefeito cassado, seus advogados vão ingressar com uma ação na próxima semana para que ele retorne ao cargo.

Jonas Canarinho teve as contas relativas ao exercício de 2017 julgadas irregulares pelos vereadores, o que culminou na cassação. ( com  g1 )