Com o objetivo de fazer com que a população fique em casa, em isolamento, o governador Mauro Mendes (DEM) emendou o resto do fim de semana ao feriado de Corpos Christi, na próxima quinta-feira (11), liberando a volta aos trabalhos somente na semana que vem. O decreto com a medida foi publicado no Diário Oficial que circula nesta terça-feira (9).

“Considerando a necessidade de se adotar medidas que contribuam com a promoção de isolamento social, como forma efetiva de evitar a propagação da pandemia causada pela Covid-19, acrescento 12 de junho como ponto facultativo”, diz o decreto assinado pelo chefe do Executivo.

Desta forma, as atividades que vão parar na quinta-feira, só terão retorno na próxima segunda-feira (14), possibilitando quatro dias livre para as pessoas ficarem em casa.

Nesta terça-feira (9), o Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, alertou que os leitos de UTI estão quase lotados na região metropolitana de Cuiabá.

“Pode acontecer de hoje mesmo não termos nenhum leito mais à disposição no Hospital Metropolitano ou nos de Cuiabá, porque não para de chegar gente infectada. E mesmo assim, tem gente fazendo festa, andando na rua, visitando amigos. Estamos em uma situação muito ruim. Se você quer correr o risco, você será um paciente que não vai ter respirador a seu favor. Daqui a pouco, só teremos leitos de enfermaria e com pacientes morrendo sem respiradores. Não temos UTI e nem respiradores para todo mundo”, ponderou o secretário.

Até a tarde de ontem, a SES havia notificado 4.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 126 óbitos em decorrência do coronavírus.

OLHARDIRETO