O mundo esportivo foi um dos grandes afetados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ao redor do globo, competições e campeonatos de diversas modalidades foram suspensos ou cancelados como medida de segurança. Entre eles, os Jogos Olímpicos que aconteceriam em julho, em Tóquio, no Japão, que foram adiados para 2021.

“É uma situação pela qual a nossa geração nunca passou. É um ano esportivo basicamente perdido para todos”, avalia o coordenador do curso de Educação Física da UniNorte – Centro Universitário do Norte, Rogerio Marchioretto.

Além do impacto econômico e cultural da suspensão dos eventos esportivos, o especialista destaca a preocupação em como será o retorno dos atletas de alto nível para o ritmo de treinamento ao qual estavam habituados.

00:41Ad
[X] Close

“Esses atletas precisarão passar por um período de readaptação para poderem estar aptos a uma competição de alto nível”, explica Marchioretto.

Para falar desses e de outros temas, a UniNorte realiza uma live sobre as perspectivas do esporte pós-pandemia. A live será no dia 5 de maio, a partir das 13h, no perfil da Instituição no Instagram (@uninortemanaus). O evento online terá a participação do professor e doutor em Educação Física, Ewertton Bezerra.

“É importante discutir esse tema, pois é um cenário sem precedentes, onde os impactos e o que pode ser feito para retornarmos ao que éramos antes ainda estão sendo avaliados”, justifica Marchioretto.

*Com informações da Assessoria