Começa nesta segunda-feira (9) o prazo para inscrições no processo seletivo aberto pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT) para recrutamento de estagiários nas áreas de arquitetura, ciências contábeis, engenharia civil, jornalismo e rádio e TV.

São oferecidas 12 vagas para preenchimento imediato, somente em Cuiabá.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pessoalmente ou por procurador, até sexta-feira (13), das 13h30 às 17h30, no auditório da PGJ (Rua 4, quadra 11, n° 237, Centro Político Administrativo).

O valor da bolsa mensal é de R$ 826,35, mais auxílio-transporte de R$ 177,07 por mês.

A jornada de trabalho é de 25 horas semanais.

Ministério Público abre inscrição de processo seletivo para estagiários em MT — Foto: Ministério Público Estadual de Mato Grosso/Assessoria

Ministério Público abre inscrição de processo seletivo para estagiários em MT — Foto: Ministério Público Estadual de Mato Grosso/Assessoria

Os candidatos devem estar cursando ao menos o 3º ano ou 5º semestre da faculdade. Interessados precisam preencher o formulário de inscrição, entregar cópia de documento de identificação pessoal, uma fotografia recente no tamanho 3×4 cm e comprovante de matrícula ou documento equivalente. Vale destacar que, no ato da inscrição, o candidato deverá apresentar o documento original com a sua cópia, para autenticação.

Além do preenchimento de 12 vagas, o processo seletivo visa também a formação de cadastro de reserva no quadro de estagiários remunerados para a Capital.

Os candidatos com deficiência deverão declarar no momento da inscrição a natureza e o grau de deficiência que apresentam para se beneficiarem da reserva de vagas. A lista de candidatos com inscrição deferida será disponibilizado no site do Ministério Público de Mato Grosso, e publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPMT.

A seleção será realizada em etapa única, consistente em uma prova objetiva, de múltipla escolha. O credenciamento terá validade por dois anos, a contar da publicação do edital de aprovados.

O processo é realizado pela Procuradoria-Geral de Justiça, por meio da Comissão de Exame de Seleção de Estagiários, presidida pelo promotor de Justiça José Mariano de Almeida Neto.

Fonte: G1