Dados da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) mostram que, de janeiro a outubro de 2019, foram registrados 357.324 infrações de trânsito na capital.

Lidera o ranking, com 53,7%, o número de infrações por velocidade superior à permitida em até 20%.

A segunda maior infração é avançar o sinal vermelho do semáforo – fiscalização eletrônica – com 27,6%.

Do total de infrações, 8,6% são por causa de tráfego em velocidade superior entre 20% e 50% acima da permitida para a via. Juntas, as três principais somam 321.266 infrações registradas em Cuiabá neste ano.

Ao todo, 9.577 foram flagrados estacionados em local e horário proibidos.

Dirigir mexendo no celular também faz parte do balanço. Nesse período foram registradas 5.207 infrações por uso do aparelho ao volante.

Já os motoristas e pilotos que pararam sobre a faixa de pedestres na mudança de sinal luminoso geraram 4.570 ocorrências.

A Semob também traz dados de motoristas que não utilizam o cinto de segurança. Ao todo, foram 4.228 casos.

Os registros de condutores que transitam em velocidade superior à máxima permitida em mais de 50% somam 3.969 infrações.

O número menor é por estacionar o veículo ao lado ou sobre marcas de canalização. Foram 2.834 registros.