A 10ª etapa do Circuito Nelore de Qualidade, realizada na unidade da Friboi em Mozarlândia (GO), teve os vencedores divulgados pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e Associação Goiana do Nelore (AGN).

A etapa contou com a participação de nove pecuaristas e 1.186 animais foram avaliados, sendo 981 machos e 205 fêmeas. “Para os machos, registramos peso médio de 21,6 arrobas. 74,4% deles possuíam até 2 dentes incisivos permanentes e 51,5% apresentavam cobertura de gordura mediana ou uniforme. Nas fêmeas, observamos peso médio de 13,6 arrobas, com 79,7% apresentando dentição de leite e 78,5% registraram cobertura de gordura mediana ou uniforme”, avalia Gustavo Callejon, assessor técnico da ACNB, responsável pela avaliação.

Na disputa do melhor lote de carcaças de macho, o vencedor (Medalha de Ouro) foi Alexandre Funari Negrão. A Medalha de Prata ficou com Edgar de Almeida e Silva Júnior e a Medalha de Bronze foi para a Fazenda Nova Piratininga.

O melhor lote de carcaças de fêmeas foi de Adair Araújo de Freitas, que recebeu a Medalha de Ouro. A Medalha de Prata foi de Célio Delle Donne Luchiari e a de Bronze ficou com Rodolfo Reis e Melo.

Circuito Nelore de Qualidade  

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne dos animais da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. Trata-se de uma iniciativa que avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovida desde 1999, neste ano a iniciativa conta com o apoio da Matsuda e da Friboi. Com isso, o Circuito aumentou de tamanho e terá 27 etapas em 10 estados em 2019. Cerca de 20 mil animais devem ser avaliados até o final do ano, chegando a uma marca recorde desde o lançamento do Circuito.

Mais informações: www.nelore.org.br/circuitonelore

FONTE: ASSESSORIA TEXTO COMUNICAÇÃO