O corpo feminino é uma caixinha de surpresas. Apesar de muito se falar em “saúde da mulher”, há certos cuidados que podem passar despercebidos. O ginecologista e obstetra Dr. Alberto Guimarães, autor do livro “Parto Sem Medo”, aponta cinco importantes precauções:

1-      Autoexame – Durante o banho não deixe de tocar as mamas e atentar-se para qualquer nódulo;

2-      Menstruação – Sentir fortes dores e cólicas menstruais incontroláveis podem ser sinais de endometriose;

3-      Exame clínico – Cerca de 80% das doenças da mulher são detectadas pelo exame clínico. Assim, o médico precisa tocar na paciente. Apenas 30% das patologias são diagnosticadas com exames laboratoriais;

4-      Visita ao ginecologista – É essencial colher o exame Papanicolau logo após o início da vida sexual. Esse cuidado tem que ser anual, sem desculpas;

5-      Dor na hora do sexo é tratável – Mais comum do que muita gente imagina, o sexo para algumas mulheres pode ser uma tortura. E isso não tem a ver com libido. A mulher pode sentir desejo pelo parceiro, mas algo físico pode estar atrapalhando. O problema tem cura e muitas vezes pode sem bem simples.