O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fará a abertura oficial do maior congresso de Medicina Tropical e Parasitologia do país no próximo domingo, 28 de julho, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, as 19 horas. O MEDTROP-PARASITO 2019 é a realização simultânea do 55º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, do XXVI Congresso Brasileiro de Parasitologia, da 34a Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e da 22ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses e do CHAGASLEISH 2019. O tema do congresso “Convergência e inclusão: em busca de soluções sustentáveis para o diagnóstico, tratamento e controle das doenças tropicais” abre perspectivas para a integração da ciência, educação e tecnologia buscando, na interdisciplinaridade, benefícios para a saúde, para o desenvolvimento do indivíduo e da sociedade. Existe a expectativa que o Ministro fará o lançamento de um edital para a área de saúde durante a solenidade.  

A conferência de abertura ficará a cargo do médico Pedro Albajar Viñas, investigador especialista em medicina tropical, técnico do Departamento de Doenças Tropicais negligenciadas da Organização Mundial da Saúde em Genebra e responsável de controle da Doença de Chagas da Organização Mundial de Saúde (OMS). O tema será: Novo roteiro 2021-2030 de controle, eliminação ou erradicação das 20 doenças tropicais negligenciadas. Consulta global no atual contexto da saúde planetária, a vulnerabilidade e os movimentos de população.

Resultado de imagem para MEDTROP-PARASITO 2019

Já estão confirmadas as presenças do Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber; do Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Denizar Vianna; do Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Sinval Pinto Brandão Filho; do Presidente da Sociedade Brasileira de Parasitologia, José Roberto Machado e Silva e da Reitora da Universidade Federal de Minas Gerais, Sandra Regina Goulart Almeida. Aguardando as confirmações do Governador do estado de Minas Gerais, Romeu Zema, do Secretário Estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva e do Secretário Municipal de Saúde da Prefeitura de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto.

O congresso já conta com mais de 3000 (três) mil inscrições e terá a presença de 495 (quatrocentos e noventa e cinco) palestrantes nacionais e internacionais. Entre os objetivos está a discussão de problemas emergentes em saúde pública, em doenças tropicais, de populações negligenciadas e de doenças negligenciadas. Há um compromisso científico, social e de políticas públicas no congresso.

Durante os quatro dias, serão realizados painéis, conferências, mesas-redondas e minicursos que serão facilitados por professores, pesquisadores e gestores de instituições como Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Sociedade Brasileira de Parasitologia, UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz – Bahia e Rio de Janeiro) e o Ministério da Saúde, entre outros.

Congresso –  O MEDTROP-PARASITO 2019 acontece entre os dias 28 a 31 de julho, na UFMG, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O credenciamento da imprensa deve ser feito no link:

https://www.medtrop-parasito2019.com.br/pessoaevento/busca?MODAL_CODE=imprensa

Mais informações: www.medtrop-parasito2019.com.br