Câmara Municipal de Aripuanã irá investigar o prefeito Jonas Rodrigues da Silva, popular Jonas Canarinho, por supostos crimes de responsabilidade, infração político administrativa e demais negligencias, omissões e infrações diversas contra o patrimônio público municipal.

O requerimento foi apresentado pelos vereadores Geraldo Lara, Valdecy Vieira, Audison Lima e Jaime Yung, popular Caxeta. Em sessão realizada na segunda-feira passada, dia 10 de dezembro, os vereadores aprovaram por unanimidade a abertura de uma Comissão Especial de Investigação (CEI) para investigar o prefeito e demais possíveis responsáveis.

Segundo o vereador Geraldo Lara, a instauração da CEI foi pedido da própria população de Aripuanã, que procurou a Câmara Municipal para solicitar que os vereadores investigassem possíveis irregularidades na Administração Pública Municipal.

“Dois cidadãos procuraram a Câmara e pediram que fosse feita a investigação sobre indícios de irregularidades. Nosso intuito com a abertura dessa CEI, é de fato verificar se houve ou não. Já temos alguns documentos e vamos investigar as denuncias com muita responsabilidade para não cometermos injustiças”, comentou Lara.

De acordo com o documento, as possíveis irregularidades envolvem consertos em veículos da Secretaria Municipal de Agricultura, madeira apreendida em Conselvan, no qual o Município ficou como fiel depositário, além de diárias cedidas a primeira dama, para acompanhar o prefeito em Cuiabá.